Programa Binacional de Prevenção ao Coronavírus é apresentado no Parque Internacional

0
472

Em uma ação conjunta entre a Prefeitura Municipal e a Intendência de Rivera, foi apresentado hoje (14) o Programa Binacional de Conscientização e Prevenção do Coronavírus (COVID-19) “A Fronteira se protege”. A apresentação aconteceu no Parque Internacional com a presença da prefeita Mari Machado; da intendente Alma Gallup; do ministro uruguaio de Saúde Pública, Dr. Júlio Daniel Salinas Grecco; do subsecretário do Ministério da Defesa, coronel Rivera Elgue do Campo; da diretora geral de coordenação do Ministério da Saúde Pública, Ana Evelin e do secretário de Saúde, Sergio Aragon.

Destacando a presença das autoridades nacionais, a Intendente de Rivera ressaltou que a Intendência tem trabalhado em conjunto com a Prefeitura para que as ações de enfretamento a pandemia sejam observadas nas duas cidades. “Nossa comunicação com a Prefeita tem sido constante e o intercâmbio de informação tem nos ajudado a manter um monitoramento permanente da situação que enfrentamos, visualizando coincidências e critérios harmônicos nas decisões adotadas. Somos dois governos atendendo o bem estar, e fundamentalmente, cuidando a saúde da nossa comunidade”, frisou. Diferentemente da liberdade que os municípios possuem no Brasil, a cidade vizinha de Rivera atende obrigatoriamente as normativas estabelecidas pelo Governo Uruguaio, sem autonomia para regulamentações como decretos.
“Desde o início tivemos a compreensão de que o enfrentamento deveria ser feito de forma unificada”, complementou Mari, que falou sobre as medidas tomadas pelo Município – desde o início das reuniões entre as instituições, no fim de fevereiro – passando pelas medidas restritivas que iniciaram no dia 17 de março. A Prefeita ainda destacou a relevância de ações como a desinfecção realizada em todas as ruas da cidade e o uso obrigatório de máscaras estabelecido desde o dia 07 de maio. Mari destacou que o trabalho de controle da entrada de veículos na cidade será intensificado.
Na oportunidade, a prefeita santanense  apresentou o plano de testagem do município que deve iniciar ainda neste mês. Com seis mil testes adquiridos, a testagem iniciará pelos profissionais da saúde e da segurança, além de servidores da fiscalização e dos pacientes que apresentaram sintomas e realizaram isolamento nos meses de março e abril. O plano ainda prevê que nos meses de junho, julho e agosto, seja realizada uma pesquisa de amostragem, com testes nos bairros, observando idade e região, que poderá demonstrar mais claramente como está a circulação do vírus no município. Parte dos testes ainda deverá ser reservado para o inverno – período de maior ocorrência de doenças respiratórios e de maior probabilidade de contágio.
Em sua fala a diretora geral do Ministério da Saúde, destacou a importância do trabalho conjunto entre os municípios e as instituições. “O nosso compromisso é o mesmo, somos apenas um Município”, destacou Ana.
“Não se tomam medidas sem conhecer a particularidade de cada região”, ressaltou o subsecretário coronel Rivera, destacando o respeito que o governo uruguaio tem à autonomia das autoridades locais.
Com 155 casos ativos de COVID-19 em todo o país, o ministro da Saúde Pública ressaltou que o governo uruguaio está acompanhando os casos de perto e está em alerta, mesmo que o cenário esteja mais estável no momento. Finalizando a apresentação, o Ministro frisou a importância da consciência coletiva para conter o contágio.