Texto de decisão de Moraes: Três vezes ´Corno´ no lugar de ´Como´.

0
256

Em O Globo, o assunto redeu o título ´Sobraram três ‘cornos’ na decisão de Alexandre de Moraes sobre plano golpista´

Trechos da decisão que deu aval para operação da Polícia Federal (PF) contra o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus aliados, tem um curioso erro de digitação (ou correção do próprio processador utilizado. Configurado de forma errônea).

A substituição apareceu em três oportunidades em reproduções de pareceres da PGR (Procuradoria-Geral da República).

“Um grupo de pessoas é apontado corno responsável pelo constante assessoramento jurídico e pela elaboração de minutas de decretos, com os fins de consumar um golpe de Estado e de subverter a ordem democrática”, diz o primeiro trecho.

Em outra passagem, o erro ocorreu em parágrafo que descreve o coronel Marcelo Câmara, preso na operação desta quinta-feira (8).

“Era considerado um dos assessores mais próximos do ex-Presidente da República, tendo sido, após o término do mandato, nomeado corno um de seus auxiliares residuais, viajando aos EUA para acompanhá-lo.”