Presidente da CPMI dá prazo de 48 horas para ministro da Justiça enviar imagens do dia 8 de janeiro

0
1588

O presidente da CPMI do 8 de janeiro, deputado Artur Maia (União-BA), deu prazo de 48 horas para o ministro da Justiça, Flávio Dino, fornecer imagens do ministério no dia da invasão da sede dos três Poderes.

Se o pedido não for atendido, a comissão vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A CPMI também vai apurar vazamento de informações encaminhadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre movimentações de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro.