Federações de agricultores, da indústria e associações repudiam arbitrariedades do STF e TSE e defendem as manifestações do 7 de setembro

0
290

Diante previsão de atos políticos em diversas cidades no feriado de 7 de setembro, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) reitera, nesta sexta-feira, o seu posicionamento em defesa da liberdade de manifestação “ordeira e pacífica”.

“O dia 7 de setembro é o Dia da Pátria, uma data de celebração, não de tumulto. Uma data de união dos Poderes da República, que devem trabalhar pelo povo e não tolher esse mesmo povo que lhes concedeu a autoridade nos respectivos limites constitucionais. Nenhum Poder pode exorbitar dos seus limites para se colocar acima dos demais”, afirma a entidade, em nota oficial assinada pelo presidente Gilberto Porcello Petry.

Com Folha Política e Correio do Povo