Semáforos para pedestre reforçam necessidade do uso de máscara

0
191
Anuncie aqui (Article top) Acesse a loja virtual do Magazine Curitibalegal, e compre por menos.

Vários semáforos para pedestres da cidade ganharam um novo visual para este período de prevenção ao avanço do novo coronavírus. O desenho do pedestre no sinaleiro agora ganhou uma máscara para reforçar ao cidadão a necessidade de se usar a proteção ao sair de casa.

São 20 cruzamentos em locais com grande circulação que, nos próximos dias, terão semáforo para pedestre de cara nova. A intervenção promovida pela Prefeitura já pode ser vista em diversos pontos, como na esquina da Avenida Affonso Camargo com a Rua Governador Agamenon Magalhães, no bairro Jardim Botânico.

Na região central, o ícone do pedestre com máscara já aparece em semáforos dos cruzamentos entre a André de Barros e Marechal Floriano Peixoto e entre a Rua XV de Novembro com Barão do Rio Branco.

O reforço na obrigatoriedade do uso de máscara também está presente nos ícones de pedestre nas proximidades da Associação dos Deficientes Físicos do Paraná (esquina entre as ruas Camões e XV de Novembro), nos arredores do Terminal Guadalupe (entre as ruas João Negrão e Pedro Ivo) e perto da estação-tubo Carlos Gomes (Avenida Marechal Floriano Peixoto com a Rua Pedro Ivo).

“A intenção é que a gente possa fazer um paralelo com a campanha do Maio Amarelo, de prevenção a acidentes e mortes no trânsito, com a situação da pandemia pela qual estamos passando. A ideia é não sair de casa, mas, se precisar sair, usar a máscara”, afirma a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

Uso das máscaras

A obrigatoriedade do uso da máscara está prevista em Curitiba desde o dia 17 de abril, com a entrada em vigor da resolução municipal 1/2020. Desde então, a Guarda Municipal tem orientado a população em canchas, parques, praças, eixos comerciais, nos arredores e entradas de agências bancárias, durante a retirada dos kits de alimentação em CMEIs e escolas da rede municipal e nos terminais de transporte coletivo.

Desde o início do mês, foram cerca de 42,9 mil pessoas abordadas com informações quanto às medidas de prevenção à covid-19.

“Nesse período, os guardas foram até 1.407 locais de incidência e reincidência de aglomerações”, acrescenta o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Além de conversas sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, recomendação para que se evite aglomerações e sair de casa sem necessidade e, também, de se manter a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas, as viaturas da GM percorrem a cidade com alertas sobre medidas de prevenção ao novo coronavírus.

A Prefeitura está tomando ciência do decreto estadual 4.692/2020, publicado na segunda-feira (25/5) e que trata sobre fiscalização do uso de máscaras, de atribuição da Vigilância Sanitária – estadual e municipais. A forma de viabilizar essa fiscalização no molde proposto pelo governo estadual vai ser definida no prazo máximo de 30 dias, previsto no próprio decreto.