Uma pessoa morreu e mais de 100 foram presas em protestos em Cuba

0
69

Ouça esta matéria

O Ministério do Interior cubano confirmou a morte de um homem na periferia de Havana.

Segundo estimam ativistas, ao menos 150 pessoas foram presas e outras estão desaparecidas na ilha. As manifestações começaram no domingo em diversas cidades do país. Aos gritos de “liberdade” e “abaixo a ditadura”, milhares foram às ruas contra o governo.

O líder de Cuba, Miguel Díaz-Canel, afirma que os protestos acontecem por problemas causados pelas sanções econômicas aplicadas pelos EUA.

O presidente Joe Biden diz que o povo “exige sua liberdade de um regime autoritário”.

Com CNN/Twitter