Mais de 100 cidades gaúchas receberam menos doses de vacina contra a Covid-19 do que o indicado nos frascos

0
80
Vacinação drive-thru contra a covid-19 no Parque da Cidade, em Brasília.

Conselho das Secretarias Municipais da Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems-RS) emitiu alerta para os profissionais da saúde sobre a verificação das doses

O Conselho das Secretarias Municipais da Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS) emitiu alerta para os profissionais da saúde que estão aplicando as vacinas contra a Covid-19. De acordo com a entidade, mais de 100 cidades gaúchas já informaram o Ministério da Saúde que receberam frascos de imunizantes contendo doses a menos do que indicado.

Os casos aconteceram em imunizantes da CoronaVac, produzidos pelo Instituto Butantan. Cada frasco de vacina é suficiente para aplicação de 10 doses. Porém, de acordo com o Conselho, alguns frascos vieram contendo imunizante para aplicar oito e, até mesmo, sete doses. Considerando que os frascos, na grande maioria, vieram com oito doses, o Cosems/RS estima que o Rio Grande do Sul tenha recebido cerca de 20 mil doses a menos.

Segundo o presidente do Conselho, Maicon Lemos, a falta de doses passou a ocorrer a partir do oitavo lote recebido pelo Estado. “Da primeira à oitava remessa, as vacinas vinham correspondentes ao número que estava identificado nos frascos. A partir da oitava remessa, estamos na décima segunda, está havendo essa diferença para menos nos frascos da vacina CoronaVac”, afirma.

O Cosems/RS indica às secretarias que, ao identificar frascos de vacina com doses faltantes, realizem uma queixa técnica no site da Anvisa e notifiquem o Ministério da Saúde através do formulário de ocorrência de imunobiológico. “É importante que os municípios façam essa notificação em formulário que foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde para que a gente possa ter esse controle e que o Ministério possa reportar à produtora. Porque o número de vacinas adquiridas não corresponde às vacinas que estão vindo nos frascos. Então, o Ministério da Saúde já está fazendo essa interlocução com as fabricantes”, explica Lemos.

O mapa da vacinação do governo gaúcho mostra que o Rio Grande do Sul recebeu até agora 3.163.150 de doses das quais 3.143.854 foram distribuídas às prefeituras. Do total distribuído, pelo menos 64% já foi aplicado.

A reportagem aguarda posicionamento da Secretaria Estadual da Saúde, do Ministério da Saúde e do Instituto Butantan.

Saiba mais: Confira a orientação de notificação de queixas técnicas emitida pela ANVISA através do passo-a-passo.

Com Guilherme Kepler / Rádio Guaíba