Detran-Pr agiliza serviços para veículos movidos a GNV

0
153
Anuncie aqui (Article top) Acesse a loja virtual do Magazine Curitibalegal, e compre por menos.

Para desburocratizar o atendimento, especialmente neste momento de prevenção à Covid-19, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) passou a disponibilizar o novo serviço de liberação anual do laudo de Gás Natural Veicular (GNV) que dispensa a exigência do atendimento presencial.

A novidade é a integração com o sistema Denatran/SisCSV. Com isso, os laudos emitidos pelas Instituições Técnicas Licenciadas (ITL), que realizam verificações periódicas para liberação anual do GNV, não precisam mais ser registradas nos dois sistemas, do Detran e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Antes, o laudo emitido pelas ITLs precisava ser levado presencialmente ao Detran pelo cidadão para que fosse cadastrado no sistema estadual. Com a integração, ao cadastrar o laudo no sistema, a renovação anual também é registrada no banco de dados estadual.

Desta forma, todas as ITLs licenciadas pelo Denatran, autorizadas pelo Inmetro e localizadas no Estado do Paraná, já participam automaticamente da integração.

DESBLOQUEIO – Considerando os últimos dados, de abril de 2020, dos mais de sete milhões de veículos registrados no Estado, 37.274 proprietários não precisarão mais se dirigir ao Detran para liberar o bloqueio anual de GNV, pois a integração permite o desbloqueio automático no sistema.

“Neste momento de pandemia, a transformação digital se tornará uma grande aliada do cidadão para melhorias e maior eficiência nos serviços. O Detran-PR não mede esforços para que as facilidades tecnológicas estejam cada vez mais acessíveis ao cidadão”, diz a diretora de tecnologia e desenvolvimento do Detran-PR, Jaqueline Almeida.

VISTORIA LACRADA – Outra novidade de desburocratização é a vistoria lacrada, solicitada para processos de 2ª via de Certificado de Registro de Veículo (CRV), liberação de bloqueios de veículo e autorização para Certificado de Segurança Veicular (CSV) para veículos que circulam no Paraná, mas que estão registrados em outros estados. A vistoria lacrada serve para que o cidadão não precise se deslocar até o estado de registro do veículo para fazer estes processos.

Antes, a vistoria era feita de forma manual pelo Detran Paraná, o laudo era lacrado em um envelope e entregue ao cidadão, que precisava fazer este envelope chegar até o Detran do outro estado para que fossem tomadas as devidas providências.

Muitas vezes acontecia de o cidadão perder o envelope, ou enviar e o material se perder, ou, ainda, chegar no outro Detran com o lacre violado, o que invalidava todo o processo. Além disso, poderia levar alguns dias até que o cidadão conseguisse realizar o serviço que queria.

Agora, este processo passa a ser totalmente digital com a utilização do aplicativo Vistoria Digital do Detran-PR, que gera o laudo e um ofício com o QR-Code, que pode ser acessado e validado pelos demais Detrans do país.

A emissão deste laudo tornou-se mais segura, pois o app permite a inclusão de imagens do veículo, dados do motor e demais observações, evitando fraudes. O processo é muito mais rápido, pois o cidadão já pode levar ou emitir o laudo na mesma hora pela Central de Certidões do Estado do Paraná ou enviá-lo por algum meio digital para um despachante ou alguém que possa levar o documento até o Detran.

Com Agência de Notícias do Paraná