FAS retoma o atendimento a famílias nos 39 Cras

0
152
Anuncie aqui (Article top) Acesse a loja virtual do Magazine Curitibalegal, e compre por menos.

A partir da próxima segunda-feira (27/4), a Fundação de Ação Social (FAS) volta a atender famílias em situação de vulnerabilidade social nos 39 Centros de Referência da Assistência Social (Cras) existentes no município. Em função da pandemia do novo coronavírus, há um mês o serviço a esse público havia sido transferido para os Núcleos Regionais e era feito, preferencialmente, por telefone.

O atendimento nos Cras será de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 16h. Quem precisar dos serviços de proteção social pode ir direto às unidades – onde receberá senha – ou telefonar para as unidades para agendar atendimento. Será priorizada a orientação sobre benefícios sociais, como subsídio alimentar e tarifas sociais da água e da luz.

“Nosso serviço é essencial nesse momento de pandemia, quando tantas pessoas ficaram sem emprego e estão sem renda. Nós, servidores da FAS, estamos unidos para atender da melhor forma a população”, explica o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel.

Cuidados

Para evitar aglomerações nas unidades, a orientação é que apenas uma pessoa da família procure o Cras, evitando principalmente levar crianças. Serão organizadas filas nas áreas externas, respeitando o distanciamento de 1,5 metro.

Para aumentar a segurança, todos os servidores receberão kits com equipamentos de proteção individual (EPIs), contendo máscaras laváveis, máscara-escudo facial e álcool em gel. Ninguém estará autorizado a trabalhar sem os equipamentos de segurança.

As pessoas que forem até o Cras também deverão usar máscara, acessório de proteção exigido em locais públicos. Todas receberão álcool em gel para higienização das mãos, antes de entrarem nas unidades.

Do dia 24 de março a 22 de abril, os dez Núcleos da FAS fizeram aproximadamente 12 mil atendimentos por telefone. A maioria deles (9 mil) foi sobre Cadastro Único e sobre o Auxílio Emergencial, do Governo Federal. O restante tratou de subsídio alimentar.

Com Agência de Notícias da Pref. Mun. de Curitiba