Brasileirão: Corinthians supera Inter, que tem liderança ameaçada

0
94
Anuncie aqui (Article top) Acesse a loja virtual do Magazine Curitibalegal, e compre por menos.

Timão adota contra-ataque e Davó, pouco aproveitado, garante vitória

Sem os centroavantes Jô (contundido) e Mauro Boselli (mal-estar), o técnico Vagner Mancini escalou Matheus Davó, um jovem de 21 anos com menos de 70 minutos jogados no ano, como titular do Corinthians para encarar o líder Internacional. A aposta funcionou. Neste sábado (30), o atacante – que realizou apenas a terceira partida dele pelo Timão – fez o gol da vitória por 1 a 0, na Neo Química Arena, pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O irônico é que o jogo que projetou Davó, no ano passado, foi justamente contra o Inter, mas pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na ocasião, o jogador defendia o Guarani e marcou quatro gols na goleada por 5 a 0 sobre o Colorado. O atacante não vingou no time profissional do Bugre, com três gols em 30 partidas, mas foi contratado pelo Timão, que o apresentou em janeiro. Ele, porém, praticamente não vinha sendo aproveitado.

O jogo

Com a segunda vitória consecutiva, o Corinthians dorme na nona posição, com 24 pontos, a três do Santos, sexto colocado e último time na zona de classificação à fase preliminar da Libertadores. O Timão abre também cinco pontos para o Red Bull Bragantino, primeira equipe no Z-4. Com 36 pontos, o Inter pode perder a liderança se Flamengo e Atlético-MG ganharem seus compromissos neste domingo (1º).

Aos 29 minutos, o atacante recebeu lançamento do meia Juan Cazares, livre, mas bateu fraco. Três minutos depois, a parceria funcionou. Cazares escapou do zagueiro Victor Cuesta, deixando o argentino no chão, e cruzou pela direita para Davó, de primeira, balançar as redes pela primeira vez no Corinthians. Ele não jogava desde 26 de julho – quando atuou por apenas quatro minutos na vitória sobre o Oeste, ainda pelo Campeonato Paulista.

A etapa final seguiu o roteiro da inicial, com o Inter tendo a iniciativa ofensiva e o Corinthians marcando forte e saindo com velocidade. Em uma dessas saídas, aos 32 minutos, o meia Luan até mandou para o gol, mas a arbitragem identificou falta do meia Ramiro na dividida com o goleiro Marcelo Lomba e anulou o lance. Nos acréscimos, após Luan perder grande oportunidade, o meia Rômulo Otero sofreu falta dura do atacante Thiago Galhardo, que foi expulso.

O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado (7), às 21h (horário de Brasília), diante do Atlético-GO, em Goiânia. No dia seguinte, às 16h, o Inter recebe o Coritiba no Beira-Rio. As partidas são válidas pela 20ª rodada da competição.

Coxa respira

No mesmo horário de Timão e Colorado, enfrentam-se justamente Coritiba e Atlético, com vitória coxa-branca por 1 a 0 no Couto Pereira, encerrando uma sequência de duas derrotas seguidas. O volante Matheus Galdezani, aos sete minutos da primeira etapa, fez o gol da vitória em chute da entrada da área. No segundo tempo, o atacante Neilton balançou as redes, mas o gol foi anulado por toque de mão. Nos acréscimos, o meia Wellington Rato acertou o travessão e quase igualou para o Dragão.

O resultado tirou o Coritiba temporariamente da zona de rebaixamento. O time paranaense foi a 19 pontos, colocando o Bragantino – que só joga na segunda-feira (2) – no Z-4. O Atlético, que sofreu a segunda derrota consecutiva, caiu para o 12º lugar, com 22 pontos.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Valéria Aguiar

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil – São Paulo