Viver a vida …

O verdadeiro filósofo procura viver a vida com humildade, tolerância e sabedoria.
Em vez de afrontar os inimigos do bem comum ou se desgastar em discussões desnecessárias, ele procura apenas mostrar a todos o lado bom da vida, e o que convém aos seres humanos para viverem uma vida bela, harmoniosa e tranqüila, sem precisarem discutir ou se matar como faziam os trogloditas, nossos primitivos antepassados, que se comunicavam aos gritos, e em vez de dialogar discutiam, disputavam violentamente a posse de alguma coisa, brigavam e se matavam, deixando essa triste herança de seus instintos aos atuais senhores da guerra.
Os verdadeiros filósofos ou filósofas, que não devem ser confundidos com os teóricos revolucionários de ontem e de hoje , pensam e agem diferentemente, porque sabem que não é inteligente enganar, usurpar, discutir, brigar ou se matar.
Eu tive e tenho o privilégio de conhecer e conviver com algumas pessoas assim, de admirável inteligência e sabedoria. São pessoas simples e humildes, independentemente de sua condição social, mas de uma profunda vivência e experiência existencial em todos os aspectos da vida.
Eu poderia citar seus nomes aqui, e os tenho citado, e até lhes dedicado artigos exclusivos, ao longo do tempo e do que tenho escrito, mas agora, para não esquecer nenhum desses amigos e amigas, prefiro não citá-los nominalmente.
A estas pessoas, homens e mulheres, além de amigos, eu chamo de filósofos e mestres de sabedoria. A eles e a elas, pessoalmente ou através da leitura de seus livros, crônicas, artigos e poesias, tenho recorrido em busca de um conselho.
Mas, em síntese, o que me dizem é isto:
Vive a vida, da melhor maneira possível, sem prejudicar ninguém, usufruindo dos ensinamentos que a vida, a natureza e as pessoas, de graça, têm a nos oferecer.

Deixe uma resposta

Ações